Out. Rosa / Nov. Azul

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
  1. Em 2002 o Brasil ficou mais cor de rosa. Mais precisamente, no dia 2 de outubro com o Obelisco do Ibirapuera em rosa, em pleno aniversário do Encerramento da Revolução. Foi a primeira ação relacionada ao Outubro RosaCriado para conscientizar a população sobre o câncer de mama, o Outubro Rosa é uma campanha que incentiva as mulheres a realizar o exame de mamografia. Este tipo de câncer é o mais comum entre as mulheres. O INCA (Instituto Nacional de Câncer) estima que cerca de 57 mil mulheres descobriram a doença em 2014.
    Assim como outubro, o mês de novembro também tem um tema: o câncer de próstata. Em 2012 o Instituto Lado a Lado pela Vida lançou a campanha “Novembro Azul”, que tem como objetivo conscientizar os homens a fazerem seus exames de próstata ao atingir a maturidade. O INCA mostra que em 2014 houveram 69 mil casos de homens com câncer de próstata, ficando em segundo lugar na lista dos cânceres que mais aparecem no país.

    O que causa o câncer de mama e o de próstata?

    Não há uma causa específica para o câncer de mama, mas há alguns fatores que contribuem para seu desenvolvimento, como: o envelhecimento, a menopausa tardia ou a menarca precoce, o primeiro filho em idade avançada ou não ter filhos, a não amamentação e o tratamento de reposição hormonal. Outros fatores como o sedentarismo, a obesidade pós-menopausa e o consumo excessivo de álcool também contribuem para o surgimento da doença. A hereditariedade é responsável por menos de 10% dos casos de cânceres de mama, sendo que esse percentual aumenta quando os parentes são de primeiro grau.
    Já as causas do câncer de próstata não são muito conhecidas, mas os pesquisadores descobriram alguns fatores de risco e estão tentando entender como esses fatores tornam as células prostáticas em cancerosas. Acredita-se que o desenvolvimento da doença pode estar ligado ao aumento das taxas de determinados hormônios. Níveis elevados de andrógenos promovem o crescimento celular da próstata e podem contribuir para o surgimento do câncer.
    Quais os principais sintomas das doenças?

    No câncer de mama o mais comum é o surgimento de nódulo indolor, mas sintomas como edemas com aparência de casca de laranja, irritação ou irregularidades na pele, alteração ou descamação dos mamilos, dor, presença de secreção nos mamilos e nódulos palpáveis nas axilas, podem aparecer, mas são menos frequentes.
    Para o câncer de próstata vemos que não existem sintomas em sua fase inicial, por isso deve ser redobrada a atenção na maturidade do homem. Depois de um tempo os sintomas podem ir aparecendo. Jato de urina fraco, sensação de bexiga cheia o tempo inteiro, sangue na urina ou no esperma, problemas com ereção e a sensação de dor na parte baixa das costas ou pélvis também podem configurar o câncer.
    É possível notar o câncer de mama com o autoexame?

    Nem sempre. Essa patologia passa por vários estágios, e em um deles, as lesões são impalpáveis. Por isso, o INCA (Instituo Nacional do Câncer) não recomenda o ensino do autoexame como método de rastrear a doença. É essencial a realização de exames de imagem regularmente para prevenir ou detectar a doença, principalmente na faixa etária de maior risco.
    Como são realizados os tratamentos?

    É um tratamento multidisciplinar que geralmente requer cirurgia e posteriormente é complementado com radioterapia e quimioterapia/hormonoterapia. Mas tudo isso deverá ser acompanhado por um grupo de médicos especialistas como, oncologista clínico, radiologista, radioterapeuta, além de enfermeiras especializadas, fisioterapeutas, psicólogo e assistente social.
    Tem cura?

    Quando diagnosticado precocemente há em média 95% de chance de cura. Por isso é importante que toda mulher faça mamografia, principalmente entre as de 50 a 69 anos e todo homem deve fazer o exame de próstata à partir dos 50 anos.
    Em qual proporção o câncer de mama atinge os homens?

    O câncer de mama é raro em homens. Há uma estimativa que no total de casos da doença apenas 0,8% a 1% dos homens contraem a doença.
    Além dessas informações, é essencial que faça um acompanhamento médico e exames preventivos regularmente.

    Fonte:
    http://www.novembroazul.com.br/
    http://outubrorosa.org.br/

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Mais conteúdo para você

Informações sobre sua saúde e a radiologia

WK Diagnose

Uma rede de diagnóstico por imagem que busca oferecer, para Você, o melhor.

3 unidades Pindamonhangaba, Taubaté e Campos do Jordão.

Agende o seu exame.

Aviso Importante

Não fazemos quaisquer cobranças (PIX ou qualquer outro tipo de transferência) que não sejam aquelas presencialmente na clínica. Evite Golpes.

Aviso Importante

Não fazemos quaisquer cobranças (PIX ou qualquer outro tipo de transferência) que não sejam aquelas presencialmente na clínica. Evite Golpes.

Agendamento via Whatsapp

Unidade Pindamonhangaba

Unidade Taubaté

Unidade Campos do Jordão